O Bom e o Mau Selvagem

Padrão

Folk Metal

Uma das razões pelas quais eu não acredito em darwinismo é a seguinte: tente jogar um homem dentro de um zoológico em que todos os animais estão fora das jaulas. Dê-lhe um prato com aquele bife steak americano. Observe. Não precisa ser um gênio da biologia para chegar a uma conclusão razoável, ainda que se dê margem a outras probabilidades. Infelizmente (ou não), o mito do Tarzan pertence mais à literatura fantástica do que ao mundo real. Continue lendo

Anúncios

As Grandes Falhas da Teoria da Evolução

Padrão

macaco-inteligente

A Bíblia ensina que Deus criou o universo e tudo o que nele há. A teoria da evolução ensina que o homem é produto do desenvolvimento das formas mais simples de vida em formas mais complexas e tudo se deu ao acaso. Tal como uma máquina que por si mesma se constrói. A teoria da evolução descarta a necessidade de um Criador inteligente ou de um Designer Mestre.

Pode parecer algo bastante atraente a teoria de que aquelas formas de vida mais simples se tornaram formas mais complexas, entretanto ela não se sustenta. O que se segue abaixo exemplifica as grandes falhas da teoria da evolução: Continue lendo

Pílulas Crônicas 5.0

Padrão

Roceiros

* Soube recentemente que o Boko Haram quer converter todo mundo ao Islamismo dizimando 2000 pessoas na Nigéria e explodindo garotinhas indefesas em prédios. Uau! E eu que pensava que religião tinha que ser aquela coisa chata de ir a uma igreja se confessar e ficar rezando; pelo visto existe um culto mais descolado que segue as últimas tendências do nosso frenético mundo contemporâneo.

* Quando eu jogava GTA San Andreas e matava todo mundo que não fazia minha vontade, mal podia adivinhar que estava mais próximo de Deus. Claro. Apenas uma mente iluminada alcançaria tal revelação. Continue lendo

Soma Zero de Schrödinger

Padrão

Vampira

No antigo Egito, a deusa Bastet, antes de ter se transformado em bebedora de leite, era a deusa-leoa Sekhmet, que havia dizimado parte da humanidade. Por ironia, Bastet era considerada a representante divina do Sol, o astro que aquece e dá vida. O mais curioso ainda é constatar que os egípcios a consideravam também a guardiã dos mundos do pós-vida. Em suma, qual é a gata que havia na cesta? Lembra por demais a lenda de Pandora, a qual, por seu turno, é uma metáfora de uma humanidade devotada ao Tédio e à Destruição, e sequiosa de Vitae como um carniçal tenebroso.

Continue lendo

Pílulas Crônicas 3.0

Padrão

Sininho

* Ouvi dizer que a Thammy Gretchen fez uma cirurgia para retirar os seios. É nesse momento crítico que as pessoas se perguntam: onde é que está Deus para acabar com essa porra e explodir tudo de uma vez!? Deus está ocupado demais no banheiro do Céu, vomitando. Se é merda demais até pra gente, imagina pra Ele…

* Aliás, eu agradeço a Deus por não ser Deus. Teria muito pouca pouca paciência pra prorrogar o prazo do apocalipse.

Continue lendo

Sem Limites

Padrão

Sem Limites

Ontem eu voltei a assistir a “Limitless“, um filme com Bradley Cooper interpretando um escritor que consegue acessar mais do que os habituais dez por cento de capacidade cerebral -o limite do ser humano comum. Seus processos cognitivos se tornam mais intensificados, diversificados e ágeis. Eddie Morra, o protagonista, se torna um gênio das finanças em pouquíssimo tempo. Mas veja o leitor que não me refiro à inteligência lógico-matemática, medida pelos testes de QI, mas à capacidade intelectiva em geral, que engloba aquela.

A experiência me fez lembrar de um assunto muito em voga nos debates atuais, que é o trans-humanismo. Trata-se de um “projeto de humanidade” que se propõe, em linhas gerais e atenuadas, a “aperfeiçoar” o ser humano. Em vez de pernas, membros biônicos fariam com que nos movêssemos mais rápido e com menor cansaço. Em vez da vista, olhos biônicos nos proporcionariam uma visão mais aguçada e detalhada da paisagem a nosso redor. Nosso cérebro positrônico teria um hardware de terabytes, um processador de nanotecnologia ultraveloz.

Continue lendo