Eleições 2014

Padrão

Eleições 2014

Vêm aí as Eleições, e eu queria deixar aqui registrado os meus votos e por que vou votar nos candidatos em que escolhi. Eu não penso que eu saiba votar e, até pouco tempo atrás, eu tinha tanta consciência disso que me abstive de fazê-lo (anulava) e recomendava aos outros que não o fizessem. Afinal, se eu não sei votar, embora tenha alguma instrução a mais que a média da população, que dirá a maioria dos cidadãos, que não terminou nem o Ensino Médio. No entanto, o panorama mudou. Como a Esquerda tem arrebentado o país com suas loucuras e imoralidades, é urgente pelo menos extirpar esse câncer tenebroso da política nacional. Não importa tanto o candidato vitorioso, desde que a Esquerda esteja na sarjeta, sem possibilidade de mandar na vida dos outros -a verdadeira tara dessa gente desnaturada.

Pastor EveraldoPresidente – Pastor Everaldo (20)

O Pastor Everaldo tem ínfimas chances de vitória -mas grande potencial de negociação em vista de um provável Segundo Turno. Se conseguir uma margem expressiva de votação, estarão sedentos para lhe fazer concessões, em troca de apoio, os dois candidatos remanescentes que subirem para a disputa no próximo turno. É o candidato da família que luta contra o ardil esquerdista que, às custas da criminalização subliminar dos cristãos, cria privilégios legais para determinadas “minorias” barulhentas e defende o assassinato de nascituros. É o único candidato que se preocupa com questões muito mais fundamentais do que Economia, como qualquer pessoa de bom tino sabe. Ademais, tem grande chance de atrair o voto dos liberais, já que insiste na privatização de empresas suspeitas de malversação do dinheiro público, como a Petrobrás.

***

CrivellaGovernador – Crivella (10)

Eu estive trabalhando para o governo do estado tanto na época de Garotinho quanto na sombria Era Cabral. Nenhum dos dois respeitava o funcionalismo público; quero dizer, pagava baixos salários e tinha um péssimo planejamento e utópico objetivo em seus respectivos projetos de desenvolvimento da Educação, a médio e a longo prazo. Se eles falhavam no simples, o que dizer do complexo? Se não são bons em administrar uma exígua e importantíssima parte do governo de um estado, segundo minha opinião, que dizer do restante? E, afinal de contas, Poder Executivo é exatamente isto: administração. Há a Segurança, a Saúde, a Previdência… todas áreas ainda mais complicadas de mexer do que a Educação. Sei que Pezão não é Sérgio Cabral. Mas é do mesmo partido e representa, ao menos teoricamente, a continuidade das políticas cabralinas. Garotinho também não é sinônimo de ruptura, mas de uma certa continuação pela tangente; é preciso lembrar que, na minha modesta perspectiva, também ele fracassou no seu governo. O único que tem alguma chance de vitória e nunca chegou a administrar o estado (de descalabro) que se tornou o Rio foi o Marcelo Crivella; não tenho muita simpatia por ele, confesso, mas ele me parece um lorde inglês se comparo essas minhas reservas com a antipatia que tenho pelo governo de seus rivais.

***

César MaiaSenador – César Maia (255)

Sei que Romário está fazendo um bom trabalho no Congresso Nacional, mas conheço César Maia há muito mais tempo como político e ele tem fama de ser bom administrador. Está certo que, se ganhar a disputa, ele fará o papel de legislador, que confesso desconhecer se já exerceu em sua carreira política; porém eu tenho mais confiança em alguém que, primeiro e mais importante, não é de um partido de esquerda, e, segundo e não menos importante, não apoia a candidatura do PT. Sem falar que César tem, provavelmente, mais estudo, o que é muito importante para alguém que não quer se deixar manipular por assessores parlamentares ou pela cúpula do partido (embora a honestidade, em se tratando de política, seja MUITO mais relevante).

***

bolsonaro-rioDeputado Federal – Jair Messias Bolsonaro (1120)

Já tem o nome de “Messias” e não é à toa… Para combater os fariseus falsos-moralistas da Esquerda nacional, metidos a bonzinhos, nada melhor do que este cara, um dos poucos que têm culhões para mandar a Real e atrapalhar os planos malignos dos mal intencionados. Não é o candidato dos sonhos dos direitistas, já que defende o aborto, mas, mesmo por isso, é um cara que tem personalidade e fala o que pensa, doa ao eleitorado que doer. Quem é assim no Congresso Nacional? Conta-se nos dedos. Isto é, se der para contar. Ademais, pode-se contornar o problema do aborto e do controle de natalidade de outras maneiras; o que não dá para contornar é a sanha destrutiva da esquerda, especialmente se abrirmos mão de um soldado tão valoroso e ativo quanto ele. Seu filho, candidato a Deputado Estadual, ganhou meu voto apenas por ser filho de quem é!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s