Respondendo a um anti-cristão (Parte 4)

Padrão

Dia desses, estive visitando um blog (http://thebeattitude.com/2009/05/28/losing-my-religion-why-i-walked-away-from-christianity/) onde o autor dava seus argumentos para ter deixado de acreditar no Deus cristão. Todos muito confusos e provas indiscutíveis de que ele não sabia coisa alguma sobre aspectos teológicos de que sua fé, ao que parece meramente sentimental, não carecia até então.

Como tenho certeza de que a ignorância dele é a ignorância de muitos, me propus a responder, a refutar suas acusações lançadas contra o cristianismo. Não foi difícil, visto que o nível de conhecimento de BE sobre doutrina é primário -quase analfabeto

8. “Jesus not fulfill major Old Testament prophesies or even fulfill his own promises and predictions.”

Ou BE comprou a Bíblia traduzida pelas Organizações Tabajara ou nunca sequer leu uma em bom inglês.

9. “The authors of much of the Bible are unknown. And of these unknown authors, the men who wrote the gospels likely never met Jesus considering they were written 40-70 years after his death. A far cry from reliable testimony.”

Se eu encontrasse com alguém que me dissesse coisas verdadeiras sobre meu pai sem nunca tê-lo conhecido, o que pensaria? Que era médium? Talvez. Naturalmente que sobre Deus se pode dizer o mesmo; já que nenhum de nós O conheceu pessoalmente, à exceção dos 12 discípulos. Mas muitos dizem coisas sobre Ele que um grupo considerável de pessoas aceita em comum acordo -pessoas estas que nunca viram a Deus.

Mediunidade? Não é preciso recorrer a tanto. Como eu já havia dito, os sinais da presença de Deus estão aí, desde ontem, hoje e sempre. E, quer os autores dos evangelhos tenham conhecido ou não Jesus, o fato é que compuseram, em comum, um retrato coeso e coerente desse Deus. Se isso não basta para derrubar a hipótese da coincidência (ou da conspiração apostólica…), deve bastar a ratificação de trilhões de outras almas cristãs, ao longo dos séculos.

10. “The Bible is repeatedly contradiction with itself, reality, and the laws of morality. Couldn’t God inspire a less poorly written book?”

Estou quase me convencendo que, na Bíblia desse cara, deve haver o evangelho de São Judas Iscariotes…

11. “The Bible is open to interpretation. Everyone interprets its in the way that suits them best or serves their purposes.”

Tem razão. É um absurdo afirmar que existe um Deus com uma única natureza quando se admite interpretar Suas palavras de diversas formas. Mas BE não tem a primazia nessa crítica teológica. Há séculos a Igreja Católica já havia condenado a teoria do livre exame de Lutero, junto com o protestantismo e outras heresias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s