(Sur)realidade

Padrão

Porque moro mal, sou assíduo frequentador de ônibus. E está se tornando cada vez mais comum ver gente mendigando dentro deles. Não que eu seja contra qualquer espécie de esmola, mas fica difícil quando, a cada 5 ônibus que se pega, em 4 você ter que soltar um dinheiro “extra”.

Se for colocar as estatísticas no papel, aposto como o número de mendigos de rodoviária já alcançou um percentual expressivo. Então as profissões não estariam mais divididas do modo clássico, ou seja, fulano de tal é engenheiro, beltrano é policial: hoje em dia, estaríamos divididos em duas classes profissionais: a dos que trabalham e a dos que pedem para os que trabalham (incluindo os políticos).

Era só o que faltava…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s